Páginas

Resenha #24: Talvez Um Dia

" Ás vezes temos que ter realmente dias ruins, para manter os bons em perspectiva."
Autor(a): Colleen Hoover
Editora: Galera Record 
Páginas: 368
Publicação: 2016

Um dos livros mais comentados de 2015, nos Estados Unidos, este é mais um sucesso arrebatador de Colleen Hoover, autora das séries Slammed e Hopeless.

Sydney acabou de completar 22 anos e já fez algo inédito em sua vida: socou a cara da ex- melhor amiga. Até hoje, ela não podia reclamar da vida. Um namorado atencioso, uma melhor amiga com quem dividia o apartamento... Tudo bem, até Sydney descobrir que as duas pessoas em quem mais confiava se pegavam quando ela não estava por perto. Até que foi um soco merecido. Sydney encontra abrigo na casa de Ridge. Um músico cujo talento ela vinha admirando há um tempo. Juntos, os dois descobrem um entrosamento fora do comum para compor e uma atração que só cresce com o tempo. O problema é que Ridge tem uma namorada, e a última coisa que Sydney precisa agora é se transformar numa traidora.


Nesse livro conhecemos a história de Sydney a garota traída pelo ex - namorado e a melhor amiga, Hunter e Tori, mas graças a essa traição ela encontra Rigde o garoto que a ajuda a passar por essa traição. Sydney se encontra perdida no pátio do seu apartamento, completamente sozinha, sem saber para onde ir, toda molhada e sem sua bolsa.
Ela sempre quis ser independente e não ser um fardo para ninguém, principalmente quando ela saiu da casa dos pais para fazer a sua faculdade sem o apoio deles, mas quando ela se vê sem o seu namorado, sem a melhor amiga e sem apartamento ela não vê escolha a não ser ligar para os pais só que quando ela pensa nisso ela esquece que deixou sua bolsa em seu apartamento quando saiu correndo depois de socar a cara de sua amiga e socar também seu ex, Sydney também não tem dinheiro para pegar um táxi e muito menos para ficar em um hotel até conseguir arranjar um lugar para ficar. 
Sydney sempre gostou de músicas, em um certo dia ela vai para sua varanda e começa a escutar um som de um violão na varanda a sua frente e todas ás vezes no mesmo horário ela acompanhava o garoto tocando violão e ela percebe que são só melodias e que elas não possuem letras até que ela começa a colocar letras nas canções e as canta todos os dias o mesmo horário. 
Quando Rigde a vê no pátio do prédio toda molhada e sem ter para onde ir, depois de ele mesmo ter contado que ela é traída pelo seu namorado e sua melhor amiga em seu aniversário de 22 anos ele se sente culpado e a coloca para morar em seu apartamento. Eles começam a escrever letras juntos só que tem uma coisa que não era para acontecer.
Rigde é deficiente auditivo e isso para ele nunca foi um problema, mas para algumas pessoas que o conheceram sim, mas com Sydney isso nem mesmo a preocupa, ela se encanta pela forma que ele toca violão, ela não sabe mas ele tem uma namorada e isso é perturbador quando ela descobre por que ela começa a desenvolver sentimentos por ele. 
Os dois enfrentam problemas juntos, mas parece que nem mesmo isso os fazem ficar juntos por que Rigde é leal a sua namorada,Maggie e nunca deixará ela, ele fala isso a Sydney e a faz se mudar por que não aguenta controlar o desejo que sente por ela. Os dois sofrem como qualquer casal separado, até que algo surpreendente acontece.







2 comentários:

  1. Esse aí não é a cara da minha bff, mas é a cara da minha sis, haha quando elas ganharem vários livros podem agradecer a você que ta fazendo resenhas maravilhosas e me deixando querendo comprar todos haha

    ResponderExcluir
  2. Até acho legal e tals, enredo interessante, maaaaaaas romances são muito chato

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...