Páginas

Resenha #14: Anna e o Beijo Francês

" É possível que lar seja uma pessoa e não um lugar?" 
















Autor(a): Stephanie Perkins
Editora: Novo Conceito
Páginas: 286
Publicações: 2011

“Isto é tudo o que sei sobre a França: Madeline, Amélie e Moulin Rouge. A Torre Eiffel e o Arco do Triunfo também, embora eu não saiba qual a verdadeira função de nenhum dos dois. Napoleão, Maria Antonieta e vários reis chamados Louis. Também não estou certa do que eles fizeram, mas acho que tem alguma coisa a ver com a Revolução Francesa, que tem algo a ver com o Dia da Bastilha. O museu de arte chama-se Louvre, tem o formato de uma pirâmide, e a Mona Lisa vive lá junto com a estátua da mulher sem braços. E tem cafés e bistrôs — ou qualquer nome que eles dão a estes — em cada esquina... Não é que eu seja ingrata, quero dizer, é Paris. A Cidade Luz! A cidade mais romântica do mundo.” Anna Oliphant não está nada entusiasmada com a ideia de se mudar para Paris, já que seu pai, um famoso escritor norte-americano, decidiu enviá-la para um colégio interno na Cidade Luz. Anna prefere ficar em Atlanta, onde tem um bom emprego, uma melhor amiga fiel e um namoro prestes a acontecer. Mas, ao chegar a Paris, Anna conhece Étienne St. Clair, um rapaz inteligente, charmoso e bonito. Só que Etiénne, além de tudo, tem uma namorada... Anna e Etiénne se aproximam e as coisas ficam mais complicadas. Será que um ano inteiro de desencontros em Paris terminará com o esperado beijo francês? Ou certas coisas simplesmente não estão destinadas a acontecer? Stephanie Perkins escreveu um romance de estreia divertido, com personagens espirituosos que garantem dedos formigando e corações derretendo.


Anna é enviada para um internato em Paris contra a sua vontade,esse internato é para americanos na França com boas notas e boas contas bancárias, ela acha que não irá se acostumar com o lugar e nem com as pessoas, o que está totalmente enganada porque em seu primeiro dia no lugar ela já conhece Meredith a pessoa mais legal que ela já viu,Anna também conhece Étienne St. Clair e acaba se encantando por ele só tem um único problema: ele tem namorada.
Ela não se deixa abater com isso e a começa a andar com Meredith e seus amigos, ela percebe que cada um possui grandes talentos e enormes qualidades e que pode se acostumar com a presença deles em sua vida.
Anna e Étienne começam a ficar próximos e a dividir segredos os dois viram confidentes, ela se apaixona, mas ele nunca toma a iniciativa de terminar seu relacionamento e isso começa a deixar Anna frustrada.
Ela não sabe o que fazer com o sentimento que sufoca tanto, quando ela tenta se confidenciar acaba descobrindo algo que a deixa mais sufocada ainda e bem mais frustrada e insegura com tudo o que vem acontecendo entre ela e Étienne.
 Com uma leitura muito fácil de ser feita,Anna e o beijo francês tem uma sequência que interliga a vida de Anna,Lola e Isla, três garotas que estão a procura de garotos incríveis, e o melhor os três livros se passam em Paris,a cidade Luz.
O pior de tudo isso é saber que sua amiga também é apaixonada pelo mesmo garoto, e que ele continua não fazendo nada para dar um fim ao seu relacionamento,quando Anna finalmente decide dar um basta nisso ela descobre algo que Étienne nunca contou sobre ele que faz com quê tudo se encaixe. Será que ela vai conseguir finalmente o beijo francês? 






Um comentário:

  1. é incrível como eu lembro da minha bff sempre que vejo livros assim, um dia você e ela vão me levar a falência hahha

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...