Páginas

Criando Palavras: Eu Quero


Eu queria muito que você passasse a madrugada comigo. Queria que você falasse comigo a todo momento. Queria que eu fizesse diferença na tua vida. Queria que você largasse os seus contatos e ficasse somente comigo. Queria que eu fosse suficiente para você, como você é pra mim. Queria que quando falassem de amor o meu nome viesse automaticamente na sua mente. Confesso que eu queria tudo isso e um pouco mais. Queria ser sua amiga, parceira, amante, namorada. Queria ser importante pra você, mas a vida não é como a gente quer. 
Aprendemos logo cedo que não vamos ter tudo que queremos. Sabe aquele brinquedo que você vê e vai correndo pedir pra mamãe? Mas ela te nega e diz que você não quer ele, que existe outros mais legais? Agora você é meu brinquedo e a mamãe agora é a vida, ela tá me dizendo que você não é o que eu preciso, e que vou encontrar outros melhores por aí. 
Mas no fundo eu sei que não, você é o melhor brinquedo da prateleira e eu quero muito você. Mas como eu disse, a vida não é o que a gente quer e não temos tudo o que queremos, talvez esse seja o problema de tudo. Desejamos algo que não podemos ter e no final acabamos tristes por não conseguir. Eu queria que desse certo, eu queria muito.
Minha mãe quando negava o pedido sempre dizia que não era algo essencial e que não iria acrescentar em nada, que depois de 5 minutos eu provavelmente pediria outro brinquedo. Infelizmente a vida tá me dizendo a mesma coisa, mas eu tô lutando pra provar o contrário sabe? Eu tô tentando ver o lado bom de tudo e focar só no seu sorriso lindo, mas ela -a vida- insiste em tentar mostrar o pior lado de tudo e todos.
 É tenso demais isso, você sabe que eu tenho o coração bom, e que sempre e pra sempre vou ver o lado bom das pessoas, mas eu sei que em você existe um lado mal, eu tô tentando ignorar ele completamente porque felizmente -ou infelizmente- eu te amo demais. Pois é meu bem, eu queria que desse certo, eu queria muito.
Mas como eu não posso ter tudo que quero, decidi seguir em frente, mesmo que isso seja bem doloroso. E eu sei que isso vai acabar comigo, mas eu prefiro uma destruição lenta do quê a rápida que pode acabar com o meu coração e ele nunca mais se recuperar. 

                                                                                                  ❤ Juliana Burato
15 anos
Ourinhos - São Paulo
 Obs.: Se quiser ter o seu texto publicado aqui também é só mandar um e - mail com o texto, seu nome, idade e local, para esse e - mail: lostrwordss@gmail.com




6 comentários:

  1. nem parece que foi uma retardada que escreveu isso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como você é besta. Pode falar que quem despertou isso fui eu, eu deixo.

      Excluir
    2. Seguir em frente pode ser doloroso e até mesmo depressivo, mas é o primeiro passo para recomeço, até porque, fugir ou se iludir não leva a nada

      Excluir
  2. Querer é uma palavra muito usada né! Queremos tanta coisa, mas as vezes não conseguimos e isso pode acabar atrapalhando algumas pessoas. Mesmo que doloroso devemos seguir! Adorei

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...