Páginas

Resenha #10: Extraordinário


"As vezes magoamos as pessoas sem querer."

Autor(a): R.J. Palacio
Editora: Intrínseca 
Páginas: 313
Publicação: 2013

August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso, ele nunca havia frequentado uma escola de verdade... até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.


August ou Auggie para os íntimos mudou a minha forma de pensar. O quão cruéis crianças de 10 anos possa ser com algo desconhecido? Por que o ser humano tem tanto medo do desconhecido? O desconhecido pode nos dar uma grande lição.
A forma como Auggie lida com tudo isso. Com todos os julgamentos, com todas as piadinhas, ele nasceu vencedor. Auggie é uma criança extraordinária e muito autentica isso que o faz único. Vencedor são todos aqueles que ultrapassam as barreiras que a vida impõe a eles.
Mesmo com todos os nossos defeitos continuamos a ser Extraordinários, este livro nos dá uma grande lição, que nem todo o desconhecido é ruim. Auggie mostra que mesmo com as dificuldades da vida dele, ele continua sempre único.
É a primeira vez que ele vai para a escola e isso causa algumas birras pela parte dele porque ele não quer conhecer pessoas novas, quando ele a começa a ir a escola ninguém pode toca - ló porque se não pega a "praga". Ninguém senta com ele apenas uma garotinha, Summer.
Esse livro não fala de romance, mas fala pelo amor a vida, ao amor ao próximo. Cada pedaço deste livro faz com que aprendemos com a vida. E que amor nos podemos espalhar para qualquer um e fazer com quê se sintam especiais.
" Toda pessoa deveria ser aplaudido de pé pelo menos nas vez na vida, porque todos nós vencemos o mundo." Sim, nós vencemos o mundo. E em qualquer lugar do mundo existem algum Auggie. Olá Auggies, vocês venceram o mundo. 
Que ao conhecermos o desconhecido possamos ser mais Summer e menos Julian. Nunca julguem ninguém pela capa,ops pela cara.





Um comentário:

  1. Cara esse livro é muito lindo, eu já li ele e me apaixonei e realmente indico para todo mundo,e novamente parabens pela resenha

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...